Por que as mães estão sempre atrasadas? Aqui estão alguns motivos…

Tem uma coisa que passou a acontecer com muita frequência depois que virei mãe: atrasos. Sempre fui uma pessoa pontual. Na verdade, chegava antes em todos os meus compromissos. Saía para os lugares com calma e tranquilidade. Mas isso realmente ficou no passado. Sair de casa virou um “Deus nos acuda”. E olha que sou uma pessoa que deixa tudo preparado na véspera, levanto cedo, começo me arrumar antes de todo mundo e sempre termino muito depois de todos…

Meu marido sempre reclama! “Caramba! A gente só sai atrasado! Todas as vezes!”. Mas ele diz isso estando pronto… É aí que reside a diferença: poucas pessoas ajudam as mães na organização das coisas “para sair”. Tem a birra da criança, a malinha, o lanche, o banho, a roupa (que ela não quer vestir). Tem a refeição servida e louça que ficou na pia e o pai não foi lavar… Aí! Sobra pra a mãe (sem empregada) lavar para o lugar não virar um formigueiro… Isso sem falar que somos interrompidas 800x quando estamos nos arrumando. Sim! Tirar a atenção e o foco de uma atividade que está sendo executado resulta em atrasos.

Mães vivem em um universo paralelo, que parece conspirar para que atrasos aconteçam. Mães vivem em uma “corrida louca” estressante que faz até sair de casa esquecendo de comer a comida que estava no prato. Sim! Aconteceu comigo. Não almocei e só lembrei que a comida estava dentro do micro-ondas quando eu estava muito longe de casa. Mães acordam brigando depois de falar 1 milhão de vezes a frase “Anda! Vai logo!”. Pior! Ainda temos que das explicações que só quem tem filhos pequenos entende… Sim! Porque as pessoas que já têm filhos adolescentes ou adultos deletam da mente coisas que aconteciam quando eles eram bebês. Bom, imprevistos acontecem e não há nada que eu possa fazer em relação a isso. Então…

Desculpe, eu me atrasei porque…

Levei 10 minutos tentando tirar uma foto com ela, mas não consegui…

1 – Minha filha fez cocô quando já estávamos na porta para sair…

2 – Eu estava na rua quando lembrei que deixei meu celular em cima da mesa…

3 – Quando entrei no carro me dei conta que não peguei a carteira, tive que tirar minha filha da cadeirinha e correr pra dentro, voltar e prender na cadeirinha novamente e isso demora…

4 – A bolsa estava arrumada, mas quando fui pegá-la vi que minha filha tinha tirado tudo de dentro e espalhado as coisas pelo quarto…

5 – Tentei fazê-la dormir para ficar alegrinha na festa, mas ela se recusou e resolveu dormir minutos antes do horário de nos arrumarmos… Quando ela dorme, a gente nem respira para ela não acordar… Sabe como é, né…?

6 – Ela não quis comer o que eu fiz para o almoço, ficou aos berros e eu tive que arrumar outras coisas para ela almoçar…

7 – Não achei a chave de casa. Procurei em todos os cantos e bolsas. Só depois que sentei para pensar onde estaria, percebi que estava no bolso de trás do meu jeans…

8 – Enquanto terminava de me arrumar, minha filha pegou meu batom e…

9 – Eu estava na portaria quando minha filha pediu a “mimi” (chupeta) e eu descobri que não tinha nenhuma comigo… Tive que subir dois 40 degraus até chegar em casa novamente (com ela no colo)…

10 – Ela abriu a embalagem do presente dizendo “É meu!”, tive que refazer.

11 – Minha filha esqueceu a Peppa e não parou de chorar enquanto não voltei para pegar…

12 – Só percebi que esqueci a “bolsa de piscina” dela em casa quando chegamos na porta da escola.

13 – Levei 10 minutos tentando tirar uma foto com ela, mas não consegui.

14 – No carro, percebi que tinha deixado o presente de aniversário sobre a mesa… Tive que fazer o retorno.

15 – Sai com o celular quase sem carga… Tive que voltar para pegar o carregador que esqueci na cozinha.

16 – O episódio da Peppa Pig ainda não havia terminado. Acredite! Eu não quis acabar com a “Paz e Harmonia do mundo inteiro”

18 – Precisei chamar minha filha e meu marido (que estava vendo posts no Instagram) 72x para me ajudarem na organização das coisas. Eles não vieram e tive que fazer sozinha…

19 – Minha filha prendeu o dedo na gaveta. Foi mais o susto do que um machucado… Mas precisei fazer teatrinho com todos os bonecos para ela parar de chorar.

20 – Na hora de sair ela quis leva todas as 12 chupetas…

22 – Tive que dar explicações para pessoas que receberam pelo WhatsApp a mensagem “kjfohfnfiiksjshbufcj”, enviada por minha filha, depois que ela saiu correndo pela casa com meu celular…

23 – Estava na portaria quando percebi que estava indo para a reunião vestindo roupa social e chinelos… Tive que voltar e trocar por sapatos.

24 – Resolvi vir de Metrô, mas estava lotado e fiquei esperando um que eu conseguisse entrar com um carrinho…

25 – Antes de sair, resolvi dar o almoço para minha bebezuda. Ela não gostou da sopa e cuspiu no vestido e em mim…

26 – A unha da minha filha estava maior do que a de um gavião… Sim! As unhas crescem absurdamente rápido… Tive que cortar depois que ela se arranhou.

27 – Minha filha começou a berrar porque queria dar tchau para “catum” (gato) do telhado, mas o bichano não estava lá e ela começou a chorar.

28 – Tive que parar na farmácia para comprar um lápis de olho… O meu foi usado para fazer uma obra de arte na parede da sala… Quer ver a foto?

29 – Pois antes da gente se arrumar, ligaram em chamada de vídeo e ela não queria desligar.

30 – Assumo que me atrasei porque fiquei indecisa sobre o que vestir.

Facebook Comments

Deixe seu comentário

Comentar

1 Trackback / Pingback

  1. Volta às aulas. Dicas criativas para fugir da pergunta "como foi a escola hoje?" - Mãe em Dupla Jornada

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.