Conectividade: aplicativo ajuda crianças a terem desenvolvimento estimulante e divertido

Os estímulos são fundamentais para o bom desenvolvimento infantil em diversos aspectos, como social, emocional e cognitivo. E com as crianças cada vez mais conectadas a tablets e celulares é importante fazer com que o uso desses dispositivo seja eficaz e, pelo menos educativo. Com a falta da escola presencial, muitas famílias apostam em aplicativos com atividades baseadas em brincar que geram continuidade às experiências de aprendizagem.

Como mães, sabemos que para desenvolver todas as suas capacidades de forma plena, as crianças devem ser estimuladas desde cedo. Assim, diversas habilidades são refinadas conforme o próprio tempo delas. Entre os vários aplicativos disponíveis gratuitamente e de forma paga para baixar em equipamentos Android e IOS, está o Kinedu, conta com mais de 1.800 atividades em vídeos, personalizadas de acordo com o estágio de desenvolvimento de cada criança. O modelo do aplicativo é baseado na observação de milhares de pais ao redor do mundo e foi analisado em parceria com a Universidade de Stanford.

BNCC na prática: como garantir o direito de brincar na Educação Infantil
Para desenvolver todas as suas capacidades de forma plena, as crianças devem ser estimuladas desde cedo. (Foto: Pexels)

Vai baixar um aplicativo para seu filho brincar? Tenha em mente a possibilidade de criar um plano de atividades e horários dentro da rotina dos pequenos, de acordo com a idade, as habilidades já adquiridas e aquelas que ainda precisam ser desenvolvidas. Veja as dicas de Luis Garza, CEO do Kinedu.

Atividades para incentivar o bebê a andar

Primeiros passos: estimule com exercícios que fortaleçam naturalmmente musculatura (Foto: Kaite E / Pexels)

Os primeiros passos são muito marcantes na vida dos pequenos e dos pais. Alguns bebês andam mais cedo, o que pode ocorrer por volta dos 9 meses, enquanto outros levam um pouquinho mais de tempo, em torno de 18 meses, o que é normal. Cada bebê tem sua hora, e não tem problema algum demorar mais que o filho do vizinho, por exemplo. O importante é estimular o seu pequeno com exercícios que fortaleçam naturalmente a musculatura. A seguir, confira alguns deles.

Andar com ajuda

Uma atividade bem simples, mas eficaz, é pegar seu bebê pelas mãozinhas de modo que ele fique em pé, apoiando-se em suas mãos. Delicadamente, puxe um braço para frente, depois o outro, e assim por diante. Ele seguirá o movimento com os pés, aprendendo, assim, como se faz para andar.

Atravessar de um lado para o outro

Aqui, precisaremos da ajuda do sofá. Ajude seu filho a segurar na beirada do móvel, pegando em uma das mãos dele, enquanto ele apoia a outra no sofá. Deixe que ele ande de um lado para o outro assim.

Uma forma de incentivá-lo é colocar o brinquedo favorito dele na outra extremidade, para que ele se interesse em andar para pegar o objeto.

Bolas e cesto

Espalhe algumas bolas e brinquedos pelo chão e peça para seu filho pegá-los e guardá-los dentro de um cesto do outro lado da sala. Dessa maneira, mesmo que engatinhando, os músculos das pernas serão fortalecidos, além de incentivar o seu filho a andar.

Atividades para a fala

Dicas de atividades para estimular a fala nas crianças e bebês
(Foto: Gustavo Fring/Pexels)

A fala pode ser trabalhada desde cedo, inclusive a pronúncia. Embora a maneira mais eficaz seja conversar com seu filho de forma clara e lenta, existem outras atividades muito eficientes para ajudá-lo a desenvolver o vocabulário.

Trava-língua

Quem diria que a brincadeira da infância de muita gente ajudou a falar melhor? O trava-língua é uma ótima maneira, lúdica e fácil, de trabalhar a pronúncia e a dicção dos pequenos.

Para os mais novos, comece com frases curtas e menos complicadas. Conforme a idade e o desenvolvimento, aumente o nível de dificuldade. Além do aprendizado, essa atividade rende boas risadas e pode ser feita por toda a família.

Adivinhação

Já brincou de leitura labial? Pois esse é o exercício aqui. Peça para o seu filho adivinhar a palavra olhando apenas para sua boca enquanto você sussurra, sem que ele ouça. Assim, ele terá que se concentrar nos movimentos e no formato da boca para entender, e isso ajuda na compreensão da pronúncia.

Atividades cognitivas

Desenvolvimento cognitivo para crianças (Foto: Jessica Lewis/Pexels)

As atividades cognitivas são aquelas relacionadas à aquisição de novos conhecimentos, como raciocínio, percepção e memória. Sendo assim, o ideal é estimular as crianças também nessa área para que o desenvolvimento seja completo.

Uma de cada vez

Para trabalhar a coordenação motora fina, como o movimento de pinça, pegue dois copos ou potes plásticos. Coloque sementes em um dos dois e mostre ao seu filho como pegá-las usando o polegar e o indicador. Uma de cada vez, coloque as sementinhas no copo vazio e peça para o seu filho repetir a atividade sozinho.

Isso sim, isso não

Essa atividade faz com que seu bebê entenda o que pode ou não pegar. Coloque dois objetos diante dele: um que seja permitido, como um brinquedo, e outro que seja proibido, como uma tesoura.

Quando seu filho for em direção ao permitido, elogie e diga que ele pode pegá-lo. No entanto, quando se dirigir ao item proibido, tire-o do alcance dele, diga “não” e balance a cabeça negativamente, ao mesmo tempo.

As atividades propostas pelos aplicativos destinados a crianças pequenas, de modo geral, são pensadas para impulsionar o desenvolvimento infantil e embasadas cientificamente. É uma ajuda e tanto para entreter as crianças em casa e provocar estimulos de leve, didática, lúdica e eficiente.

Facebook Comments

Deixe seu comentário

Comentar

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.