Empreendedora brasileira cria distribuidora de livros em português para crianças que moram fora do Brasil

Promover a língua portuguesa e a cultura brasileira entre as famílias multiculturais que vivem no exterior. Esse é o principal objetivo da  Livros For Kids, distribuidora de livros em português brasileiro em toda Europa e Estados Unidos. Idealizada pela empreendedora braiselira Vanessa Pfeil, que mora na Alemanha há 10 anos, a empresa surgiu da necessidade pessoal da mãe de gêmeos  em idade de alfabetização.

Em uma vinda ao Brasil, Vanessa comprou 200 livros infantis para os filhos. Um dia publicou na sua rede social alguns exemplares já lidos, recebeu tantas mensagens de pedidos que acabou tendo o perfil bloqueado. O sucesso da iniciativa foi tanto que Vanessa viu ali uma oportunidade de negócio, o que deu origem a Livros For Kids. A distribuidora com um grande acervo de clássicos infantis, um vasto material para alfabetização em português e muita informação sobre a cultura brasileira para crianças e jovens, de 0 a 17 anos. Já são mais de 50 mil títulos brasileiros distribuídos pelo mundo.

Em menos de três anos a empresa cresceu e agora, além do site, possui pontos de venda nos Estados Unidos e em todos os países da Europa e Ásia.

“Nosso objetivo é ser um canal de difusão e promoção da língua portuguesa e da cultura brasileira, promovendo o Brasil de forma positiva para os estrangeiros. Oferecemos livros em português, com preços acessíveis, para que o maior número de famílias possa deixar o português como língua de herança para os seus filhos.” – explica.

A empreendedora, formada em administração, conta que um grande diferencial da Livros For Kids é ter um frete bem menor em relação às empresas que enviam livros em português para fora do Brasil. Isso porque a distribuidora tem representantes exclusivos nos países onde tem pontos de venda, tornando o frete local.

Além do trabalho como empreendedora, Vanessa destaca os desafios de uma brasileira viver na Alemanha.

“Não são poucas vezes que, em reuniões de negócios, homens brancos se surpreendem quando me veem. Os olhares de estranhamento são constrangedores sim até hoje, apesar de muito frequentes. Uma mulher preta brasileira, CEO de uma empresa, não é comum para europeus. Mas sigo, pois conheço e sinto na pele desde muito cedo o racismo que existe no Brasil e no mundo.” – conta Vanessa

Sobre Vanessa Pfeil

Vanessa Pfeil é mulher preta, nascida e criada na Nova Holanda, uma das favelas do Complexo da Maré, no Rio, foi aluna do primeiro pré-vestibular comunitário da região. Seu projeto não só valoriza a educação e a cultura como destina 10% de tudo que é vendido a três projetos sociais que envolvem educação: um projeto de alfabetização de adultos, o FARO Maré; um pré-vestibular comunitário, no Centro de Estudos e Ações Solidárias da Maré (CEASM); e outro de alfabetização de mulheres adultas no Senegal, o Instituto DORCAS.

Hoje residindo na Alemanha, Vanessa é casada e mãe de 3 filhos, empresária no exterior. De origem periférica mediada e pautada pelas desigualdades, que a fazem entender que tem um papel importante, mobilizador atualmente. Seu objetivo principal é valorizar a cultura brasileira e garantir acesso à literatura do seu país no exterior.

Facebook Comments

Deixe seu comentário

Comentar

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.