Dentes de leite tem hora certa para cair? E agora, o que fazer?

Quem diria que 5 anos se passariam tão rápido. Ano a ano, mês a mês, cada fase do desenvolvimento de uma criança para tão mágico! As descobertas, os aprendizados, os amigos, as palavras e frases certeiras que pegam os adultos de surpresa. Todos os dias uma novidade e desta vez, a novidade dos 5 anos é a troca dos dentes nas crianças. E eu já vinha me perguntando isso: Dentes de leite tem hora certa para cair? Com qual a idade que os dentes de leite ficam moles?

Na sala da Isis na escola, ela era a única que não apresentava sinais de que os primeiros dentinhos começariam a cair e todos os dias me perguntava quando iria perder o dela, quando a fada do dente viria trocar o dente pelo dinheiro. Enfim, chegou o momento e ela está super feliz com a novidade. A fase de troca dos dentinhos de leite é um momento muito especial na vida dos pequenos.

Isis, feliz ao descobrir que os dentes de leite serão levados pela fada

Mas é normal cair dente com 5 anos? Isso foi uma surpresa para mim, porque eu tinha em mente que os primeiros dentes começariam a cair com 6 anos de idade. Porém, a dentista da família, explicou que não há hora certa para os dentes de leite começarem a cair. Não existe uma regra para todas as crianças porque os dentes podem começar a troca conforme a data que começaram a aparecer, ou seja, se nasceram cedo, caem mais cedo; se nasceram tarde, demoram um pouco mais para cair.

Quando a criança perde o dente de leite?

Nesta semana a Isis reclamou que o dentinho estava doendo. A primeira coisa que eu pensei foi que poderia ser cárie, mas não era. Depois eu perguntei se ela tinha batido a boca em algum lugar ou escovado o dente com muita força. Afinal, quanto mais nova, menos responsabilidade a criança tem para cuidar da higiene corretamente. E eu também não sabia que essa dorzinha tinha relação com o início da perda do dente de leite.

Então, minha primeira reação foi pesquisar tudo sobre dentes de leite: nascimento, fase de troca e se eu precisaria levar ao dentista. Foi quando entrei em contato com a dentista Cíntia Matos de Almeida, que além de excelente profissional é minha amiga desde a adolescência, e tem dois filhos que já tinham iniciado a troca de dentes, era a experiência perfeita que eu precisava.

Dra. Cintia Matos, que atende em Vitória (ES), explicou que “é normal o dente amolecer e cair sozinho”. “Você saberá quando ficar mole, vai perceber. E pode deixar a natureza agir. Não precisa tentar tirar, nem fazer nada que acelere a queda do dente de leite. Quanto mais natural for o processo melhor”.

Tudo deve ser natural, afinal, são 20 dentes de leite para cair.

De acordo com a dentista, de forma geral, não há necessidade de extrair dentes de leite em consultório odontológico, exceto se o dente estiver prejudicando a fala, mastigação da criança ou causando algum tipo de incômodo como dor. Também não se deve recorrer a “métodos caseiros”, como morder maça, usar linha, ficar balançando o dente…

“Tudo deve ser natural e no próprio tempo para não deixar a criança com medo, afinal, são 20 dentes para cair”, disse Cíntia.

20 dentes que vão cair?! Falei com voz de espanto! “Sim”, foi a resposta que ela me deu. Então, se você também está se perguntando quantos dentes de leite vão cair, aqui está a resposta: 20.

E quais são os dentes que mudam? Qual dente cai primeiro de cima ou embaixo? Em qual ordem os dentes de leite caem? Os primeiros dentinhos começam a cair pela mesma ordem que surgiram, então, é mais comum que caiam os dentes debaixo da frente primeiro. Depois é comum que o dente permanente nasça totalmente em até 3 meses.

Imagem/Tua Saúde

Quando contei a novidade para outra dentista, também amiga, Dra. Gabriella Cals, da Riodentists no Rio, ouvi um simpático “Que gracinha!”. E a orientação seguinte: “Se não tiver nenhuma inflamação na gengiva ou queixas, fique tranquila e espere o momento da queda natural. Se depois que cair, demorar para o dente permanente nascer, pode ser que haja necessidade de um micro corte para a eclosão, mas tudo muito natural”, orientou a dentista que também tem um filho com 6 anos que acabou de começar a fase de trocas de dentes.

E se o dente permanente não tiver espaço para nascer? E se o dente da criança nascer torto? E se os dentes permanentes nascerem amarelos! Tenho que levar a criança ao dentista para aplicar flúor nos dentes novos assim que eles nascem? Várias perguntas começaram a aparecer.

Essas perguntas vou deixar para depois, se chegar a vez delas. Afinal, não dá para colocar a carroça na frente dos bois, porque as coisas não andam. No devido momento, pensarei sobre isso com calma e com serenidade se houver necessidade. Por enquanto, o que percebi com mais clareza é que realmente a vida passa muito rápido. Quando menos esperamos nossos filhos já estão grandinhos.

Seus filhos já estão trocando os dentes? Como foi com você? Deixe a resposta aqui nos comentários.

Facebook Comments

Deixe seu comentário

Comentar

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.