Corra, o bebê dormiu. Como otimizar o tempo.

Todas as vezes que Isis dorme eu corro para fazer as coisas que preciso. Bom, nem sempre consigo, porque, confesso, tem dia que o sono é maior e eu acabo dormindo junto com ela. Mas agora, aos dois meses, ela já fica mais quietinha e eu consigo fazer as tarefas de casa e do trabalho (Home Office) um pouco melhor. Fato é que ela é boazinha – que ama um colo – então, quando ela não esta acordada no colo (ou no carrinho) eu tento fazer tudo de forma mais lógica e rápida. Isso inclui: checar e responder meus e-mails, escrever textos para os sites/blogs que administro, falar com meus clientes de assessoria de imprensa e, claro, cuidar das coisas da casa, do meu marido, do bebê e das minhas. Sim! Minhas coisas existem! Obviamente que não faço tudo isso de uma única vez… Para tentar harmonizar e otimizar o tempo adotei na minha rotina (e na da Isis) situações que repasso abaixo. Afinal, o dia ainda tem apenas 24h e não dá para esticar o relógio… Espero que funcione com você, se não desacelerar as passadas do ponteiro, pelo menos vai te ajudar a não perder tempo. Boa sorte! 🙂

 

bebe dormindo - mae em dupla jornada - maternidadeNão se estresse se não der conta de fazer todas as coisas. Somos humanas, nos cansamos e os bebês e crianças demandam mais tempo do que estávamos acostumadas a ter antes deles. Faça o que conseguir, mas faça bem feito para não ter que repetir a tarefa.

Ouça música. Não fique o dia todo no silêncio. Coloque uma música no ambiente. Isso vai acostumar o bebê com pequenos ruídos e você vai se sentir mais animada para executar as tarefas. 

Brinque com as crianças. Por mais que seu dia tenha mil tarefas, arranje tempo para seus filhos. Mães em licença maternidade ou que deixaram de trabalhar para se dedicar aos filhos ou ainda que adotaram o sistema de trabalho Home Office podem ter mais facilidade para isso. Mas, se esse não é o seu caso, encontre tempo para brincar. Eu faço isso com a Isis e funciona muito bem para o nosso bem-estar. É muito gratificante a gargalhada e o sorriso deles. <3

Escolha roupas com antecedência. As suas e as do seu bebê/filho. Assim, você evita perder tempo procurando peças pelo guarda-roupa. Tenha sempre duas alternativas. Fazendo isso temos a possibilidade de evitar atrasos nos nossos compromissos e nos dos pequenos (festinhas, escola, reuniões em família, ou mesmo a rotina doméstica).

Deixe a bolsa da criança pronta. Eu tenho a bolsa da Isis sempre pronta com fraldas, kit de higiene para o trocador, peças para trocas de emergência. Ela sempre fica arrumada em local de fácil acesso. Como ela mama e usa fórmula complementar, sempre deixo junto com a bolsa uma garrafinha com água mineral, o porta-complemento e uma mamadeira extra. Vai que eu precise sair correndo para algo de última hora…

Carrinho ou bebê conforto sempre perto. Há quem deixe esses utilitários dentro do carro. Eu tenho o carrinho sempre perto de mim. Assim posso fazer as tarefas de olho nela e, ao mesmo tempo, ela sentir que estou perto.

Pense no cardápio da semana. Não tenho empregada doméstica, nem cozinheira. Então, sou eu a pessoa que cozinha na casa. Então, quando eu vou ao supermercado faço as compras já pensando no cardápio da semana. Geralmente faço a janta (enquanto meu marido fica com a bebê) de modo que sobre um pouco para o meu almoço no dia seguinte. Nos domingos, quando tenho mais tempo, preparo e congelo algumas coisas. Aí quando a fome bate, ou imprevistos acontecem ninguém fica com fome.

Tarefas de casa com um bebêTarefas domésticas. Cuidar da casa é a pior parte para mim. Passar e lavar roupas… Arrumar as gavetas… Lavar o banheiro… Arrumar a casa… Fazer comida… Afff! Minha vida (desde que passei a morar sozinha em 2008 e agora com um bebê em casa) se tornou extremamente prática. Vai me dar trabalho? Não quero. O enfeite vai encher de poeira? Não, obrigada. O utensílio de cozinha é ruim de limpar depois que eu uso? Não, quero. Mas, de forma inevitável eu espero a Isis dormir para resolver essas questões. Assim, ela não fica desviando minha atenção. Ou, espero o Brunno chegar em casa. Ah! Algumas vezes aproveito visitas mais intimas (familiares e amigos mais chegados) para deixá-los corujando a Isis enquanto eu faço as tarefas de casa. Quem trabalha fora vai ter que fazer isso no pós-expediente ou nos fins de semana. Se seu filho tem idade para isso, dê um paninho e uma vassourinha de criança para ele e ensine a ajudar (não o deixe fazer nada ou mexer em algo que possa cair ou quebrar). Colocá-lo para catar e arrumar os próprios brinquedos já é um bom começo. A criança vai se sentir útil, vai desenvolver espírito de colaboração e aprender a ter responsabilidades. Você vai se agradecer por isso no futuro. 😉

Internet bank. É muito difícil um banco que não tenha internetbank ou aplicativos para o celular. Baixe no seu celular/tablet e ganhe tempo pagando suas contas ou fazendo transações bancárias.

Atividade física no pós-parto. Isis fez dois meses e eu voltei para a academia. Fico lá no máximo 1h30, mas já é o suficiente para a minha cabeça descansar e desligar das obrigações da vida. Tenha pelo menos três dias na semana para se dedicar a alguma atividade física que goste. Eu estou louca para voltar a treinar “meu” Krav Magá. Antes de começar a treinar faça uma avaliação física com um médico. Se for fazer uma caminhada, coloque seu bebê no carrinho e o leve com você, se não tiver com quem deixar. Pesquise academias que tenham berçário. Eu não conheço nenhuma para indicar (a Isis fica com o Brunno), mas o Google pode te ajudar.

Atividade física para bebês e crianças. Converse com o pediatra do seu filho e veja com ele atividades físicas que ele pode fazer. Vai ser bom para a saúde dele, além de ensiná-lo a ter disciplina e todas as coisas bacanas que o esporte proporciona. É melhor do que ele ficar no vídeo game, na frente da TV ou na rua correndo riscos. Assim que puder, vou colocar a Isis na natação.

Faça o Easy. Está no livro “A Encantadora de bebês”. Significa Eating (Alimentação), Activity (Atividade / Brincadeira), Sleep (Sono) e You (tempo para você). O EASY é uma rotina de métodos que se repetem diariamente. É você quem comanda o ritmo, e não o bebê ou a criança que dita as regras. Siga esta ordem e você vai começar a saber o motivo dos choros e desconfortos do seu filho e ele aprenderá a ter uma rotina.

 

Por Fernanda Con’Andra

Mãe da Isis, Jornalista, Assessora de Imprensa, WebWriter e Blogueira.

Facebook Comments

Deixe seu comentário

Comentar

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.