Coronavírus também mata crianças e jovens, alerta OMS

O novo coronavírus já causou a morte de jovens e crianças, embora elas não façam parte do grupo de risco. O anúncio foi feito na segunda-feira, 16 de março, pelo diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanon Ghebreyesus. Dessa forma, fica desfeito o mito de que apenas adultos, idosos e pessoas com doenças crônicas* desenvolvam casos graves do COVID-19.

Jovens, adolescentes e crianças tanto podem ser contaminados pelo COVID-19

A afirmação da OMS vai ao encontro das orientações de manterem escolas, parquinhos infantis, áreas kids e pracinhas fechadas ou interditadas. Tedros Adhanon não deu detalhes sobre a quantidade de casos fatais envolvendo crianças e jovens, nem onde ocorreram as mortes.

Sendo assim, ao contrário do que se imaginava, jovens, adolescentes e crianças tanto podem ser contaminados pelo COVID-19, como podem transmitir a doença para outras pessoas e reforçam as orientações dos órgãos de Saúde sobre a necessidade de isolamento social ficando em casa.

“Esta é uma doença grave. Houve mortes entre jovens e até entre crianças. A OMS publicou novas diretrizes clínicas, com instruções específicas sobre como cuidar de crianças, idosos e mulheres grávidas”, alertou o diretor-geral da Organização Mundial de Saúde, que disse ainda que a OMS está especialmente preocupada com crianças desnutridas e portadores de HIV com a progressão do vírus para países de baixa renda.

Mudanças nos números

Estudos feitos pelo governo dos Estados Unidos mostram que ao contrário do que se imaginava, muitos jovens desenvolvem casos graves de coronavírus. Os números mostram que nos EUA e na Europa, até um terço dos contaminados tem menos de 50 anos. A informação foi dada nesta quinta-feira, 19 de março, pelo Bom Dia Brasil.

Ordem dos órgãos de Saúde é permanecer em casa

Em entrada ao vivo no noticiário da TV Globo, o repórter Felipe Santana (correspondente em Nova York) trouxe dados recentes que dão conta de que na Itália, por exemplo, 7 mil dos 28 mil pacientes tem de 19 e 50 anos. Já nos EUA, o cenário também tem mudado. Dos 508 pacientes hospitalizados, 142 pessoas (28%) tem idade entre 20 a 54 anos e, dos 121 em estado mais grave, metade tinha menos de 65 anos.

Assim, acende o alerta de que esses grupos de indivíduos mais novos tanto podem contaminar, como podem ser contaminados. Principalmente aqueles que estão desrespeitando a ordem de permanecer em casa ou que estão voltando de países como China, Itália, Irã e Coreia do Sul, uns dos mais afetados pela pandemia. São os casos “importados”.

Evitando a disseminação do pânico, uma pesquisa publicada no The Pediatric Infectious Disease Journal na última sexta-feira (13 de março) mostra que crianças e adolescentes respondem a apenas 2% das hospitalizações por causa do coronavírus e que estes grupos apresentam quadros menos graves da doença. Mesmo assim, é preciso ter cuidado, prevenção e seguir as recomendações dos órgãos governamentais.

“Não podemos dizer universalmente que o coronavírus é leve em crianças. Então é importante que protejamos as crianças como uma população vulnerável”, reforçou Maria van Kerkhove, diretora técnica da OMS.

O vírus do COVID-19 começou a circular na China em dezembro de 2019 e chegou a diversos países, incluindo a Itália e o Brasil. Atualmente, está em todos os continentes. No dia 11 de março de 2020, a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou pandemia.

Isolamento social: Contatos devem ser evitados neste período de coronavírus

Doenças consideradas crônicas* pela OMS: hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares, doenças do aparelho digestivo, doenças respiratórias, soro positivos e pessoas com câncer.

Facebook Comments

Deixe seu comentário

Comentar

4 Trackbacks / Pingbacks

  1. Coronavirus: Dicas criativas para quem esta com crianças em casa | Blog Materno - Mãe em Dupla Jornada
  2. Diversão sem sair de casa: Artistas anunciam shows on-line durante a quarentena contra o coronavírus | Blog Materno - Mãe em Dupla Jornada
  3. Recém-nascido morre com coronavírus. | Blog Materno - Mãe em Dupla Jornada
  4. Que milagre! Tuma da Mônica faz Cascão lavar as mãos para evitar coronavírus | Blog Materno - Mãe em Dupla Jornada

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.