#NósFomos: Quem tem medo do Lobo Mau?

Era uma vez uma feliz família de porquinhos que tinha três filhos. Os porquinhos foram crescendo e os pais notavam que estavam muito dependentes. Não ajudavam no trabalho de casa nem se esforçavam em nada. Então um dia, eles se reuniram e decidiram que os porquinhos, que já estavam bem crescidos, fossem morar sozinhos. Os pais deram um pouco de dinheiro a cada um, alguns bons conselhos. Os três porquinhos partiram para o bosque em busca de um bom lugar para construir, cada um, a sua casa…

Entramos agora no bosque da peça infantil “Quem tem medo do Lobo Mau?”, em cartaz no Tijuca Tênis Clube, na Tijuca – Zona Norte do Rio. Os porquinhos do espetáculo são repaginados para os tempos atuais: um é apaixonado por redes sociais e tem um canal no Youtube, o outro gosta de dançar e fazer beatbox, o terceiro adora ler. Mas assim, como os três porquinhos da fábula inglesa escrita por Joseph Jacobs (1854-1916), eles também são preguiçosos, brincalhões e pouco interessados em na própria segurança. Cada um quer fazer o que gosta e ponto!

Esse foi o espetáculo teatral que escolhi neste final de semana para ir com a Isis (2 anos e 8 meses) que, assim como eu, ama teatro. Ela saiu de casa levando o porquinho de pelúcia. Mas, o negócio da Isis era o Lobo Mau! “Cadê o Lobo mau, mamãe?”. A peça é muito legal! Não só porque resgata a famosíssima história do livro infantil “Os Três Porquinhos, mas também por tem música, coreografias e é beeeem dinâmica.🐷🐷🐷

O texto é divertido, bem costurado e cheio de links com outras histórias, filmes e desenhos. Gargalhada garantida. 😂É uma peça infantil muito inteligente, diverte a meninada e não esquece de ser atrativa para os adultos. Isis riu, bateu palmas, cantou. Saiu do teatro querendo mais e agora anda pela casa cantando 🎶quem tem medo do lobo mau, lobo mau, lobo mau🎶fazendo cara de brava e imitando o bolo fortão beijando os músculos dos braços.  Aliás, o que é esse Lobo Mau??? Hilário! Um dos personagens de teatro mais engraçados que eu já vi nos últimos tempos. Eu, Isis e Brunno rimos muito. 

A peça é um um pouco longa, mas as crianças resistem bem. A diversão começa logo que entramos com cantigas de roda. Muita cantoria e palmas. No decorrer do espetáculo os atores Aly Moreira, Matheus Moutta, Pedro Ottoni e Rodrigo Barizon dançam, cantam e promovem um corre-corre animadíssimo passando pelo público. A interação ajuda a manter as crianças de olho no palco.

“É uma adaptação atualizada, mas sempre respeitando sua magia e ensinamentos. Um novo olhar para o clássico ‘Os Três Porquinhos’. Além de ser ágil, de fácil assimilação e grande sucesso de público nos teatros que passamos, esse é um texto leve e engraçado, uma adaptação que ao longo do tempo vem encantando várias gerações”, diz Cristiane Sanctos que assina a direção.

A direção é de André Lamare e Cris Sanctos, referência no teatro infantil do Rio de Janeiro. No elenco tem . E as coreografias que as crianças querem dançar junto são de Aly Moreira. Já as músicas que Isis anda pela casa cantando são de Bruno Marques em parceria com a Cris Sanctos. Cia Brincando de Fazer Arte.


Resenha: Fernanda Con’Andra – Jornalista

Indicação da peça: Lu Cultura Infantil

 

 

Facebook Comments

Deixe seu comentário

Comentar

6 Comentário

  1. bom dia, como vai?
    Nossa que maximo levar a familia, toda reunida para ver esse programa, eu gostei bastante que você compRTILHOU conosco. beijos

  2. É muito bom levar as crianças para peça de teatro, ja incentiva desde pequeno
    Ameiiiiii você compartilhar esse programa tao lindo em familia

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.