Goiana, grávida de quíntuplos, terá um menino e quatro meninas

A gestação de 17 semanas – concebida de forma natural – está dentro do planejado (Foto: Arquivo Pessoal)

Grávida de quíntuplos, a técnica em enfermagem Carla Divina Faria de Oliveira, de 24 anos, já sabe o sexo de todos os bebês. Moradora de Goiânia, ela descobriu ontem (quinta-feira, dia 2) que será mãe de um menino e quatro meninas. A gestação de 17 semanas – concebida de forma natural – está dentro do planejado, assim como a evolução dos bebês, segundo disse a futura mamãe em entrevista ao portal G1.

Esse tipo de gestação é um fenômeno raríssimo e delicado. De acordo com uma das teorias mais tradicionais para se calcular a probabilidade de nascimentos múltiplos, conhecida como “Lei de Hellin”, a chance de nascerem quíntuplos a partir de gestações naturais é de 1 a cada 65.610.000 de nascimentos.

Carla já havia engravidado anteriormente de gêmeos, mas perdeu os bebês no parto. Desta vez, quando souberam o sexo dos dois primeiros filhos, ficou definido que eles se chamariam Lucas e Giovana. Mas com apenas um garoto, tudo pode mudar, já que o marido também gosta do nome Arthur. Os novos papai e mamãe ainda vão pesquisar com carinho para decidir os demais nomes.

Quais outros três nomes de menina você sugeriria ao casal?

 

Carla e o marido ainda vão pesquisar com carinho para decidir os demais nomes. (Foto: Arquivo Pessoal)

 

 

Facebook Comments

Deixe seu comentário

Comentar

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.