Artista plástica transforma estrias em obras de arte e empodera mulheres

A artista espanhola Cinta Tort Cartró, também conhecida como Zinteta, encontrou um jeito diferente de elevar a autoestima feminina. Cartró pinta as estrias das mulheres para encorajá-las a amar seus corpos. Ela tem postado as fotos do projeto em seu Instagram levando a mensagem que as cicatrizes não são defeitos.

“Odiava as minhas estrias, e ao longo dos anos, percebi que estava sendo estúpida, porque elas estão no meu corpo, fazem parte da minha vida. Queria compartilhar coisas que a sociedade determina como imperfeições. É importante aceitar-se completamente”, diz Cartró. Várias mulheres já entraram em contato com ela solicitando um horário para realizar as pinturas.

“Muitas mulheres me escrevem e me dizem que se sentem empoderadas com o meu trabalho. Uma mulher me ligou e falou: quero que você pinte meu corpo. Mas eu odeio meu corpo. E eu disse a ela: A sociedade faz você odiar seu corpo. Você pode trabalhar para amar seu corpo”, contou a artista plástica, que também retrata em suas obras temas como menstruação, pelos pubianos e axilas peludas, assuntos que ainda causam desconforto em boa parte da sociedade.

A artista diz querer enviar uma mensagem às mulheres. “Cada corpo tem sua própria essência e energia”, escreveu a espanhola de 21 anos em seu Instagram. “Todos têm (mais ou menos) manchas, cabelos, sardas, cicatrizes, curvas, celulites, rugas… e são todos igualmente válidos. Há alguns anos comecei a trabalhar minha auto-estima e me aceitar. Aceitar seu corpo é aceitar suas raízes e história. Estrias são parte da nossa essência, nosso tempo e nossa vida. São tão bonitas que não sei como às vezes conseguem que as odiemos”.

Todas as fotos/Reprodução Facebook

Facebook Comments

Deixe seu comentário

Comentar

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.